Menu


Web Rádio ``O Sertanejão`` 24 hs online
2010 / 2018

Mesmo com túnel, motorista insiste em utilizar passagem em nível no Centro

01 MAR 2017
01 de Março de 2017
Prefeitura diz que não é por falta de sinalização. (Foto: Eisner Soares)

NATAN LIRA
Maior obra contratada pela Prefeitura de Mogi das Cruzes a fim de desafogar o trânsito na região central da Cidade, o túnel II do Complexo Viário Tirreno Da San Biagio foi inaugurado em 10 de dezembro do ano passado. Passados quase três meses da entrega do equipamento, o cenário de congestionamento naquele trecho do Centro permanece parecido com o anterior à inauguração. Muitos motoristas utilizam a passagem em nível da Rua Doutor Deodato Wertheimer. Quando o trem passa, as cancelas se fecham, os carros esperam e o trânsito trava. Trabalhadores do entorno e motoristas ouvidos por O Diário atribuem à falta de placas indicando a possibilidade de acessar o Mogilar, via túnel, como a principal causa dos motoristas manterem o antigo hábito.

Ricardo Alves dos Santos, de 39 anos, é frentista em um posto de combustíveis situado na esquina entre as ruas Doutor Deodato Wertheimer e Doutor Ricardo Vilela. Durante o dia, ele acompanha o trânsito causado nos momentos em que a passagem em nível é fechada, para a travessia dos trens. “No horário de pico aumenta a quantidade de trens e também de carros, então aqui vira um caos. Porém, mesmo com o trânsito travado, o motorista espera a reabertura, mas não desce o túnel”, conta. Para ele, uma das explicações é o desconhecimento da opção e a falta de sinalização indicando onde a passagem subterrânea termina.


Voltar