Menu


Web Radio O Sertanejao
24 hs. online

subida acelerada, Flórida supera marca de 300 mil casos de Covid-19Apenas ontem foram mais de 10 mil novos infectados; região bate recordes há duas semanas

17 JUL 2020
17 de Julho de 2020
A Flórida registrou ontem um acréscimo de 10.085 casos de coronavírus à sua contagem oficial de infectados. Assim, o Estado se tornou o terceiro dos Estados Unidos a ultrapassar a marca de 300 mil pessoas que contraíram a Covid-19 localmente, com 301.810 contaminações confirmadas. A Flórida é também a região que mais confirma novas infecções diariamente em todo os Estados Unidos há pelo menos duas semanas, segundo levantamento da NPR, rede pública de rádio norte-americana, com base em dados da Universidade Johns Hopkins.
Ainda segundo o levantamento, os Estados Unidos renovaram mais uma vez seu recorde de casos confirmados nacionalmente. Foram 67.417 novos registros de doentes por Covid-19 em todo o território estadunidense, além de mais 900 óbitos.
De acordo com a universidade, 3,44 milhões de pessoas contraíram o coronavírus nos Estados Unidos, e 136.999 morreram por conta da doença.
Na capital Washington, a prefeita Muriel Bowser afirmou que o estado de emergência na cidade deve ser estendido "provavelmente" até outubro.
Outros países
Cerca de 400 milhões de pessoas na Índia retornaram ao regime de lockdown após os Estados de Bihar e Uttar Pradesh e a cidade de Bangalore restituírem suas quarentenas. O governo indiano confirmou ontem mais 29.429 casos, elevando o total no país para 936.181 infectados e 24.309 mortes provocadas pelo vírus.
As regiões que retornaram à quarentena haviam relaxado suas medidas de restrição após a determinação do governo federal para retomada das atividades, expedida em 30 de maio.
No Japão, a capital Tóquio aumentou o estado de emergência para o seu nível máximo após a região confirmar outras 165 contaminações por coronavírus. A governadora Yuriko Koike pediu à população da região metropolitana que evite viagens não essenciais a prefeituras fora de Tóquio, além de idas à restaurantes e casas noturnas, estabelecimentos considerados de alto risco de contaminação. Ao todo, Tóquio já registrou 8.354 casos, mais de um terço dos cerca de 22,5 mil confirmados no Japão.
Hong Kong reduziu significativamente seu número de casos diários após a região ter sofrido com uma nova onda de infecções e, por isso, ter readotado medidas de distanciamento social.
Voltar